segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Tua alma...


Nossos corpos 
Flutuam como canção...
 Navego em tua alma, luz que me revive,
 E enfrento os calafrios,
 — ínfimas crises
 Que mantém fortes vínculos da união.
 Ó, maviosa, meu ser, dê-me tua mão;
 Sonho com todos os versos que não tive...
 Bebo tua voz de amor...
 Sei o que me dizes!
 Moram em ti veias dum grande coração!...
 Inda tenho horas...
 Juras... 
Corpos...
 Mel...
 Viajamos na nave, e, no mesmo céu...
Com voz rouca;
 — Prazeres sem medida! 
 Vivo...
 Belos momentos, ah, menina!
 Todos os dias, tu és rosa, luz divina;
 — O resumo de tudo meu na vida!...

 Machado De Carlos 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário