quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Outro dia...


Viver assim já não aguento,
 Meu âmago a dor esmaga,
 Se nada me livra dessa chaga,
 Meu coração em sofrimento.
 Vou padecer no desalento,
 Ante essa sina que não me afaga,
 Viver sem ela só me estraga,
 Meu coração em sofrimento.
 Meu coração o seu intento,
 Se hoje o vento não me acalma,
 Sem ter quem eu amo o meu juramento,
 É livrar-me da dor 
Que aflige minha alma. 

 Dalva

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário