sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Ao teu encontro...


Sigo em frente,
Com o olhar perdido no horizonte da alma...
Busco a centelha divina que preenche meu ser
 Preciso da luz
 a mostrar-me o caminho,
Sem torpes ilusões somente a paz 
Que inunda os corações. 
 Quero fazer da terra poesia...do mar ousadia,
E do viver uma doce melodia 
Para cada dia renascer. 
 Se faltarem motivos os criarei,
No sonho e na fantasia 
Em verso e prosa...
Razão pra não esmorecer.

 Fátima Abrantes

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário