segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Fugas...


Indefesa,
 quem sabe sem consciência 
me jogo em teus braços
 esquecendo que já não podes me amar
 Fostes para tão longe ...
 não mais voltarás 
 Sou fragmentos de tudo
 Uma porção de quase nada
 Aquela mulher que te ama e assusta
 Sou tão inteira e te satisfaço, 
por isso tu lutas para sair de mim ... 

 Maria Eduarda

 Hoje, Ame intensamente e Seja Muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário