sábado, 26 de agosto de 2017

Sua volta...


Quantas vazes 
Me pego olhando o horizonte,
 Na esperança de sua volta minha querida,
 Afinal deixamos tantas coisas por fazer,
 Acreditando que era somente uma parada momentânea,
 Para acertar detalhes em caminho. 
Fico assim, sem saber se sigo em frente,
 Ou espero mais um pouco, 
Por medo de não me encontrar. 
Fiquei dependente desse amor, desse carinho.
 Querida não sei
 Como cuidar sozinho desse nosso jardim,
 Falta você,
 Para que tudo fique florido novamente...

 Alvorada 

Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário