sexta-feira, 12 de maio de 2017

Em outros braços...


Vasculhando meu passado,
 Vejo que muito haveria para lhe dizer,
 Sei que teu orgulho torturante,
 Sempre destacava afrente de toda intenção.
 Torturava-me estar perto e mesmo assim tão distante,
 Seu coração mediava outras paragens,
 Não bastava estar ali,
 Queria flutuar em outras lembranças.
 Hoje te vejo triste,
 Aquilo que tanto desejavas , também se foi, 
E como consolo ainda me vez de vez em quando,
 Só que em outros braços,
 Que me faz tão feliz...

 Alvorada

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário