domingo, 7 de maio de 2017

Em mim, o teu nome...


Rascunhos em folhas brancas
 Mãos despidas, 
Pedaços de nada…
 Onde caem gestos,
 Das palavras… 
Doces…
 Amargas.

 Rompes a aurora,
 Rasgando o céu
 Em traços coloridos
 Nos sons
 Que dançamos ao luar. 

Na loucura sã, 
Trepei a liana da seiva, 
Alcançando a outra face, 
De onde corriam 
Lágrimas em pérolas 
Nos rios de prata do teu rosto.

 Sentei-me na ardósia 
Onde escrevi o teu nome, 
Esperando…
 Que no renascer
 O tempo sopre aromas
Da beleza do teu corpo. 

Assim embarquei
 No barco que moldei
 De folhas em branco… 
Onde existem sempre
 Rascunhos de sentimentos.

 Luis Ferreira

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário