segunda-feira, 10 de abril de 2017

Ser livre...


Adormecermos com alguém
 que nos deseja e a quem amamos,
 faz-nos mais completos.
 Mas é errado definirmos o amor
 como uma fusão entre duas pessoas:
 amar permite-nos o contrário,
 permite-nos ser melhores e ir mais longe,
 nadar para fora de pé, arriscar,
 fazê-lo sabendo que há espaço para recuar
 e uma rede que nos amparará possíveis quedas. 
 Amar é poder correr mais depressa
 e ver a pessoa que amamos correr
 livre numa outra pista.
 Gostar é adormecer de mão dada
 e esperar que depois de adormecidos
 cada um continue a sonhar
 o seu próprio sonho.

 Luís Osório 

 Hoje, Ame intensamente e Seja muito feliz.
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário