quarta-feira, 29 de março de 2017

Tuas lembranças...


Trago no cantinho dos olhos,
 Uma lagrima que insiste em não cair,
 Presa em tua lembrança,
 Muito me faz sofrer.
 Lagrima lampejante,
 Brilhante como uma luz solidaria,
 Alargando o sentido da vida, sorridente,
Mas, procuro o sentido de tanta devoção,
 Quem sabe por me dar um pedaço do céu,
 Para logo tirar me deixando com um feliz
 Gosto de um,
 Querer de novo, essa paixão...

 Alvorada

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário