terça-feira, 28 de março de 2017

Seu bilhete...


Olhei sobre o aparador, seu bilhete,
 Nele me dizia que o tempo iria nos fortalecer,
 Pensei que seria eterno o nosso querer,
 Pena, foi somente suspiros dados em noites de amor.
 Olhei mais atentamente e também encontrei sua foto, Manchada com um beijo de batom,
 Dizendo até breve.
 Como se um querer fosse fácil jogar fora,
Como bola de papel ao vento.
 Tudo bem,
 Guardei seu bilhete, e sua foto. 
A Vida da voltas, quem sabe nos encontraremos...
 Quem sabe...

 Alvorada

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário