sábado, 4 de março de 2017

Conclusões...


A amargura e o tempo
 Vão molhar meus olhos.
Uma vez, outra mais,
 Não darei valor ao já vivido…
 Agora, como nunca antes
 Vou desacreditar do amor. 
 Descobrirei ao olhar para trás
 A tal felicidade…
 Mas em pedaços, que sequer
 Valem a tentativa de juntar 
Apenas para recordar e chorar. 
Constato o óbvio:
 Nada é eterno senão a morte. 

 Gislaine 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário