domingo, 29 de janeiro de 2017

Minha alma...


Silêncio...
 Este silêncio
 Que devora cada dia, cada hora, 
Cada minuto e cada segundo, 
De uma forma lenta, triste, inconsolável.
 E aos olhos atentos do mundo, 
A dor e a solidão não serão notadas,
 A minha alma vertendo em lágrimas,
 De uma saudade incontrolável,
 Recordo cada momento doce junto a ti
 Como um Sol a brilhar
 Dentro da minha alma.

 Margarida 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário