sábado, 28 de janeiro de 2017

Amor ausente...


Não há pior canto do que
 o expresso pela dor de uma saudade ...
 O Coração geme aflito no meio da noite sem fim.
 E palpita enregelado num ressonar magoado
 profundamente estranho que ecoa frio e só,
 no escuro da madrugada ...
 No silencio deste canto solitário e ressentido,
 que se desfaz em pranto de dor,
 ouve-se ao longe gritos d´alma 
abafados das lágrimas que rolam no travesseiro,
 de um ausente amor ...

 Nídia Vargas

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário