quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Palavras soltas...


Quanta angustia pelas palavras soltas,
 Momentos impensados que jamais retornam,
 Parece fazer o relógio do coração ,
 Dar angustiosos saltos
 E quando não dá pra voltar atrás
 Tão pouco seguir adiante
 Sentindo a falta que você faz 
Ontem, hoje e a todo instante
 E quando você sente que tudo está perdido
 E que aquele poema já não tem sentido
  Ou qualquer pedacinho de rua
 Que me lembre de nossos dias felizes
 A angustia vem morar
 Mesmo que brevemente...

 Eneb 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário