quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Na esteira do tempo...


Tudo me chega assim tão de repente, 
Como me falando de um amor,
 Que a muito deixei na esteira do tempo,
 olho no espelho
 e quase sinto teu reflexo junto ao meu.
 Parece que foi a muito esquecido,
 Lembranças que dormem,
 Em meu coração. 
Te sinto tão perto como uma suave brisa,
 Penso que tudo poderia ser outra vez.
 por onde andas meu bem,
 Que ja não te encontro,
 Quem sabe numa manhã dessas,
 Ao dobrar uma esquina,
 Realize esse encontro.
 Te vejo, te sinto,
 Como te espero.

 Alvorada 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário