quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Vida, minha vida...


Vida minha,
Como te explicar agora .
 Um sentimento tão antigo 
 Aconteceu comigo
 E eu quero te contar ...
 Ela se esconde de mim,
 Esta aqui nos meus porões
 Escondida. 
 Reminiscências da vida
 Não tem como não lembrar
  São fatos tão doloridos 
 Que não confesso a mim mesmo
  Tenho medo de chorar.
Vida, minha,
Ela vive em mim...

Eneb

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário