terça-feira, 8 de novembro de 2016

O amor ainda e sempre...


Eu sinto sua falta 
Não posso esperar tanto tempo assim
 O nosso amor é novo
 É o velho amor ainda e sempre 
 Não diga que não vem me ver 
De noite eu quero descansar
 Ir ao cinema com você
 Um filme à toa no Pathé
 Que culpa a gente tem de ser feliz?
 Que culpa a gente tem, meu bem?
 O mundo bem diante do nariz 
Feliz aqui e não além 
 Eu faço tanta coisa
 Pensando no momento de te ver
 A minha casa sem você é triste 
A espera arde sem me aquecer

 Raça

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário