quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Nossos bilhetes...


Nas miúdas ternurinhas,
 Nos leves toques de dedos, 
Nos melosos olhares disfarçados,
 Nos sorrisos por tudo, 
Nas raivinhas por nada,
 Nos reticentes bilhetes,
 Nos longos papos telefônicos,
 No jeito de sonhar acordados, 
Vai-se construindo, aos poucos,
 O primeiro amor.

 Elias José

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário