quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Meu destino...


Amor,
Escrevo como quem sangra
 As dores de um sofrido coração
 Não tenho cartas na manga
 Sou toda e pura emoção
 Não sei fingir, nem mentir palavras que não sinto
 Tudo que posso é sentir e prosseguir existindo
 Se a dor é por demais profunda
 Encontro em mim mesma a cura
 Nesse meu querer,
 Fecunda a mais perfeita brandura

 Inês

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário