terça-feira, 27 de setembro de 2016

Nossa vida, amor...


Em busca da felicidade que se esconde,
 não sei onde,
 o mar humano
 se agita ora calmo e cantante
 ora impetuoso...
 Nada se acaba...
 nada morre e a todo instante
 a nossa vida escorre,
 gota a gota nessa sede infinita
 que é o grande (a)mar...
 (A)mar humano onde o rio da vida
 vai desaguar depois
 de ter banhado e fecundado os campos
 do nosso sonhar.

 Zoraide H. Guimarães

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário