quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Amor,...nossa chama.


Insiste, ainda, em arder neste coração
 aquela chama baça, quase um nada,
 acesa pra você. 
Trêmula e tão delicada
 já é quase um ponto invisível,
 quase um nada. 
Teimo em protegê-la com as mãos,
 para impedir que definitivamente
 se apague, morra.
 Ah, pobre sonhador.
 Desafiar ventos tão fortes.
 Lutar contra a escuridão definitiva. 
Luta inglória que já quase não se enxerga... 

 AC Rangel

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário