segunda-feira, 25 de julho de 2016

Sua falta...


Cheguei mais tarde aquela noite,
 Não pensava no furor que causaria,
 Em vão palavras não justificam,
 Não teve jeito, coração ficou triste.
 Meu céu escureceu, fiquei sem saber, 
Não era intenção magoar ninguém,
 Possesso fui sem explicações, deixei o certo pelo errado. Quando chega a noitinha, sinto vontade de te ver,
 Aconchega-la em meus braços,
 Saudades dos teus lábios e cabelos com cheiro de mel, 
É preciso calma e paciência
 Para novamente reconquistar sua confiança.
 Sigo assim , dias e dias sangrando
 E com o coração nas mãos,
 Princesa.

 Alvorada

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário