domingo, 22 de maio de 2016

Tuas caricias...


Esse teu estranho modo de me querer e amar...
 Essa tua maneira incompleta de me querer e chamar.
  Que feitiço! Que fascínio!    
 Quando me queres não te quero,
 Se me tens, já não sou eu...
 Essas tuas carícias que machucam a carne
 Esse teus beijos que me morde a boca, 
 e sangra o meu desejo... 
 Que feitiço! Que fascínio!
 Que estranho modo de me amar e nunca digo não...
 Ao feitiço, ao fascínio desta estranha paixão.

 Marisa Rosa

 Hoje, ame intensamente e seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário