terça-feira, 31 de maio de 2016

Te amo...


Quando não souberes aonde me encontrar; 
Procura na natureza,
 Algo de mais simples e então...
Sou eu que lá estarei. 
Quando olhares para o céu,
 Saibas tu que o que eu sinto por ti
 É tão infinito quanto a imensidão do seu azul.
 Quando parares para ouvir o vento;
 Nele ouvirás a minha voz.
 Quando nos teus sonhos eu estiver presente;
 Não acordes; 
Pois podes não me encontrar ao teu lado.
 Quando eu já não existir...
 Procura-me no mar; 
Eu serei as ondas
 que querem ir ao teu encontro
 para te dizer:
 Te amo... 

 Fernanda 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário