domingo, 15 de maio de 2016

Como viverei...


Ando vagando sem rumo,
 Parece que meu relógio parou no tempo,
 Suas saudades queimam meu peito,
 Parece não ter sentido o que vivo.
 Seria eu e você
 Como o sol e a lua em eclipse total.
 Quando um chega o outro sai…
 Eu te toco nos meus sonhos,
 Você me toca nas manhãs .
Sua presença em mim é notada 
Reflete em tudo que faço.
 Estamos no mesmo espaço
 Mas a sua sombra é que reflete em mim…
 E eu, sou metade fenômeno de saudade.
 Passo assim minhas horas, 
Vagando sem rumo... 
Como viverei.

 Eneb 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário