segunda-feira, 2 de maio de 2016

Amor, encontros...


Amor...
Tudo que somos, 
pouco sabemos.
 Um poço imenso, 
cheio de sonhos. 
 Quando choramos,
 não nos perdemos.
 Viver é um sonho,
 Não esqueçamos.
 Viver é a sombra, 
o assombro, o apenas.
  Tão frágeis somos!
 Frágeis e imensos.
Amor.

 Antonio 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário