quarta-feira, 20 de abril de 2016

Seu olhar, seu carinho...


Olhe pra mim
 Não desvie o olhar não há o que temer... 
Sou a mesma que você olhou um dia
 Que olhou com tanto carinho...... 
 Olhe pra mim não desvie o olhar... 
Nada precisa ser dito 
Nem precisa tocar basta só o olhar... 
Espero que nesse tempo de distâncias
 Você tenha aprendido a enxergar
 A essência violada...
A alma outrora encantada vaga hoje pelos desencantos 
De partidas inesperadas...
 Olhe para mim...
Caminhe com teus dedos pela geografia do meu rosto 
Marcas deixadas por lágrimas teimosas 
que verti a cada lembrança de um sorriso seu...
De um beijo seu 
Toque-me...
Como só você sabe fazer
 Reescreva minhas fronteiras num abraço seu 
Basta um olhar e meu mundo 
volta a renascer em luz...
Magia...
Poesia.

 Dina Isserlin 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário