quinta-feira, 28 de abril de 2016

Entre nós dois...


Que faço dos amores que aqui passaram?
 Das cicatrizes impregnadas na lembrança?
 Se neste coração apenas a dor deixaram,
 E sonhos que renascem cheios de esperança?
 Adormeço agarrada na saudade, 
Querendo apenas sentir tua magia.
 Na alma eu busco a liberdade,
 E nesta cama... 
Chorar de alegria!
 A dor que me consome o peito
 De tanto sufocar os desejos 
Faz meus olhos chorar em teu leito, 
 Busco recordações dos momentos
 Em que você foi todo meu encanto.
 Hoje?
 Somente o desencanto!

 Ivanete

 Hoje, ame intensamente e Seja Muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário