quinta-feira, 17 de março de 2016

Um novo caminho...


Ela não é mais a minha noite;
 A taça de café não é a mesma;
 Mergulho no vinho da madrugada...
 Não existe mais aquela voz rouca!
 Não haverá o sexo sem poesia;
 A voz do telefone não existe.
 Ela é virtual.
 O amor é virtual...
 Ela se foi como o vinho da noite!...
 Bebi a coca-cola...
 Um doce virtual...
 Hoje perdi o sexo da madrugada!...
 A poesia e o amor estão na minha cama...
 Ela surgiu com voz de cristal... 
O telefone sem ela é nada!
 A voz triste está naquela taça!...

 Machado de Carlos 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário