quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Um dia...


Um dia eu te conheci...
E sem querer eu percebi
Uma lágrima a rolar...
Era o meu coração
Que por ti estava a chorar.
E o meu coração aflito...
Num pulsar acelerado,
Brotava lágrimas de amor...
Ele estava apaixonado.
Mas, amar-te não podia...
Pois sentiu que esse amor
Que de repente havia nascido,
Era um amor proibido.
O teu coração já não tinha espaço...
Pois já estava ocupado...
Sentiu que foi rejeitado...
Meu pobre coração enlutado!
E as lágrimas que caíam...
O meu peito iam banhando...
Ví que não tinha sentido...
Chorar tanto por um amor...
Que prá mim.... é proibido.

Eneb

Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário