segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Te encontrei...


Mas foi assim que te encontrei:
 Suave, doce, com jeito de menina pronta para amar.
 E eu sem jeito ou tino me entreguei,
 carente, nem fiz força para me safar. 
 E agora o que é que faço? 
Pois não quero mais deixar de te encontrar.
 E agora o que é que faço?
 Continuo um tolo ávido a te ver para sempre,
 ou te deixo antes que venha a te magoar?
 Perdoa-me meu amor por um momento, 
por colocar paixão onde não cabia.
 Mas é assim que acontece com os tolos,
 acabam apaixonados por aquelas 
que nunca os amaria.
 Mas um dia te encontrei.
 Só não sabia que neste dia
 Também eu me perderia.

 Marysol

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário