terça-feira, 17 de novembro de 2015

Reencontros...


Um dia,
 no silêncio da rede,
 minha alma encontrou outra, que divagava,
 quem sabe à procura da minha...
 só sei que, em pouco tempo,
 nossas almas se reconheceram 
e descobriram que nunca mais poderiam se separar...
 Pois uma havia sido enviada à outra,
como um presente.
 Um presente divino,
 Que Deus, 
em sua infinita bondade, nos enviou!
 Posso falar com toda certeza,
 que uma alma não vive sem a outra,
 são almas irmãs, irmãs de alma,
 irmãs de coração, irmãs de luz...
 Almas gêmeas
 que tiveram a felicidade de se encontrar
 e se reconhecer... 

 Val

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
E Tudo será felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário