sábado, 28 de novembro de 2015

Alegria de viver...


Olhos azuis, cor do mar, tão ardentes;
 Cabelos loiros os meus versos afagavam, 
Sobre juncos dobrados, mas contentes
 Por enlaçarem as bocas que se beijavam.
 Minhas mãos, docemente lhe tocavam 
Numa alegria vibrante e entontecida,
 Seus braços com volúpia m´abraçavam,
 Deitados sobre a areia adormecida.
 Sob aquele mórbido
 Sol escaldante,
 As ondas espraiavam-se com cadência... 
E os beijos sôfregos, nesse instante
 Eram segredos na nossa consciência.
 Embriagados pelo Sol, pelo prazer...
 Renasceu em nós
 a alegria de viver!

 Eneb

 Hoje, ame intensamente e seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário