sábado, 17 de outubro de 2015

Minhas mãos...


Eu te amo como o céu ama as estrelas!
 Eu te amo como a lua ama as paixões... 
Te amo como o clarão de todas elas
 Ama... amor, por palpitar os corações... 
 Eu te amo como a noite ama as trevas!
 Eu te amo como o calor dos turbilhões...
 Te amo como o fulgor que são das eras
 Desde o princípio de todas as gerações...
 Por teu amor ao céu elevo minhas mãos
 A te livrar de toda a inveja dos pagãos
 Quando vir, versar a ti, todo o meu grito...
 Por teu amor é unicamente que escrevo... 
Tanto te amo, que a ti, somente devo 
Dizer, amor,
 que eu te amo pro infinito!

 Dolandmay

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário