sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Janelas da alma...


As janelas da vida estão abertas
 para amores e decepções,
 Para as pessoas que não sabemos
 se são certas na hora de amar
 Compreensivas na hora de ajudar,
 Sinceras na hora de desejar
 Aconchegantes como as noites de luar.
 Firmes como o chão que queremos pisar,
 Sensíveis como a melodia 
que insiste em nos tocar
 Inconstante na hora de caminhar.
 Como saberemos então?
 Se as pessoas encontradas são as certas?
 Nunca saberemos...
 O essencial é amar,
 Amar sempre,
 Amar.
 E sentir sim
 Com os olhos da alma...

 Ana 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário