domingo, 27 de setembro de 2015

Que eu seja...


Que eu seja,
 uma flecha apontada à tua alma,
 De luz e de fogo e de calma…
 Que eu seja uma brisa a anunciar a alvorada
 E a voz que em silêncio te chama:
 Teu desejo secreto…
 Que eu seja o teu lado direito da estrada
 E o pedaço que te falta no peito,
 Que pulsa e que acalma e que ama 
E o sangue que te corre nas veias…
 Que eu seja o teu tempo 
O teu aborrecimento e tudo o que anseias… 
Que eu seja
 Para que tu sejas tudo quanto desejas! 

Emílio Miranda 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
Felicidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário