quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Minha estrela...


Houve um tempo para os medos,
 Houve um tempo para as reflexões,
 Houve um tempo em que o dia não acabava, 
Houve um tempo que era gostoso, bom de se Viver.
 Os sonhos não eram distantes,
 A mãe não largava do pé,
 Os irmãos sempre juntinhos,
 Nossa! quanta briga pelo picolé.
 Que bom! o tempo passa,
 ficam as recordações, 
Por onde andas minha estrela ? 
Hoje nossos sonhos estão presentes,
 Que pena! eles não voltam atrás.
 Deixe se encantar pela sua Criança Interior.
Reviver...
Amar...

 Bas

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário