segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Pela janela.


Lembro-me de ti
 quando os raios da lua
 entram pela janela clareando o quarto,
 as paredes guardiãs de nossos segredos.
 Recordo-me de ti,
 quando o vento traz
 o cheiro de ipê da cidade morena.
 Queres saber,
 Lembro-me de ti
 embora teime, cada dia,
 em te esquecer.

 Ana Tereza

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário