quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Nesse instante...


Sonhos que gostaria de ter
 Mas não conseguiria sem você
 Eu não posso sonhar 
 Se tu deixastes de me amar
 Imploro a lua dos amantes
 Que me ilumine nesse instante
 Quando a vida me parece ingrata 
 Quando a dor no peito é farta 
 Então me diz o que fazer 
 Para trazer de volta você? 
Pois não dá mais para esperar 
 Quando a morte está a me olhar
 Definho a cada instante
 Num estado agonizante 
 Dei-me uma esperança, mesmo vaga,
 Antes que a morte,
 me seja a paga.

 Edmilson 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário