sábado, 13 de junho de 2015

Sua falta...


Pensei que sabia
 todas as coisas sobre o amor,
 que já vivi todas as situações possíveis
 e imaginárias envolvendo 
esse misterioso sentimento. 
 No entanto, você, sua presença e com a convivência
 ao seu lado me ensinaram que nada sei
 sobre o verdadeiro significado do verbo amar.
 O contato físico, o toque da pele,
 o afago são menos que o verdadeiro amor pode fazer
 por quem amamos de verdade.
 Estou descobrindo novas formas de amar. 
A sua ausência me fez refletir, pensar, relembrar...
 enfim, descobrir que não nasci para viver sem você.
 A falta que você faz é como 
se parte de mim não estivesse aqui.
 É como se eu estivesse incompleta,
 carente de mim mesma.
 Mas entendo perfeitamente
 que isso é falta de você.

 Juli

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário