domingo, 28 de junho de 2015

Sem você...


Me falta o ar, me falta o chão,
 Eu fico sem rumo, sem paz.
 Sem você, o sim vira não.
 É a falta que você me faz. 
 O tempo passa mais devagar,
 Os ponteiros andam para trás. 
As horas só sabem perturbar.
 É a falta que você me faz.
 O mundo perde suas cores,
 O para sempre vira jamais.
 As paixões, de amor viram dores.
 É a falta que você me faz.
 Meu poema perde o sentido,
 A vida, o mundo, nada mais.
 Espero que você tenha entendido. 
Essa é a falta que você me faz.

 Mariana Siqueira 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário