segunda-feira, 18 de maio de 2015

Nossa existência...


Eu queria...
 poder adivinhar meu futuro, 
não de coisas banais
 mas o que se refere a mim e a você,
 queria poder me enxergar em teus braços
 descansando dessa caminhada tão longa
 que faço sem tirar os meus pés do chão,
 apenas nos desejos de poder ter -te junto a mim.
 Pareço as vezes otimista demais,
 mas é que na maioria das vezes
 nem eu mesma me reconheço, 
por me entregar tão totalmente a essa espera
 de ser somente sua,
 de sermos o céu e as estrelas,
 o sol e o luar.... 
 Não algo de apenas se ver,
 mas algo que se toca, onde finalmente
 o nosso amor se fará num infinito
 tão encantador que nem mesmo o céu
 suportará tanta ternura, 
 e as estrelas sentirão vontade
 de poder serem vistas durante o dia,
 para estarem 24 horas brilhando intensamente
 sobre o céu 
 da nossa existência...

 Rose Alves 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário