quarta-feira, 22 de abril de 2015

Nosso céu..


Cinzento vejo um céu.
 Afirmo que não é o meu!
 Olho para o meu céu
 E vejo que é tão cinzento quanto o teu.
 A que conclusão poderei chegar? 
Tão simplesmente quero-te amar!
 Amor, que palavra estranha, 
Rima com dor e arde como lenha.
 Arde compulsivamente 
num coração que também é meu.
 Arde compulsivamente 
e de vermelho pinta o nosso céu. 

 Bruno Miguel  

Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário