quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Seus lábios...



Sinto saudades de seu ser
 De suas mãos me acariciando
 E seus lábios tocando os meus...
 Saudades de seu abraço gostoso
 De seu sorriso as vezes malicioso
 De seu olhar carinhoso 
Conseguindo ver o mais fundo do meu "eu"...
 Sinto saudades da saudade que tu és 
És uma saudade ardente, saudade envolvente
 Que se apossa de minha mente
 E dilacera meu coração...
 És uma saudade que alucina 
Que minha alma contamina
 Mas meu ser não desespera
 Ele para... e te espera...
 Espera que venhas 
Talvez um dia quem sabe
 Para acabar com a saudade que em meu peito 
 Não da mais pra suportar...
 Sei que um dia viras
 E com seu grande sorriso
 Ira no ar... alegria espalhar...
 E por esse dia eu vivo a esperar...
 Vêm... é preciso que tu venhas
 De longe sua mão acena
 Assim como pra me avisar 
E eu correrei para em teus braços me aconchegar...
 Para teus lábios beijar
 Meus dedos entre os seus entrelaçar
 E juntos, como num encanto 
Toda essa saudade matar... 
 Vêm... pois tu és 
 Aquele que me faz sonhar

 Célia Piovesan

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário