terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Amor, te espero.


Amor,
 Com o passar dos dias,
 Com que vontade eu te espero!
 Com que intensidade te quero!
 Mas tu insistes em não nascer,
 Em não te quereres dar a conhecer.
 Só comendo dos teus frutos
 Valerá a pena viver 
Somente me aquecendo no teu fogo
 Compreenderei a verdade que reside em ti 
 E sanarei as feridas que teimam em doer.
 Não há outro sentido na existência
 Senão por ti respirar,
 Por ti acordar, 
 Por ti lutar.
 E em ti descobrir a simplicidade do ser,
 A doçura de um novo amanhecer, 
 O aconchego de um coração com lar.
 Não há outro caminho
 para a felicidade
 senão amar.

 Claudia

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário