sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Teus olhos.


Há nestas noites perdidas
 a lembrança cruel do teu rosto
 e do teu sorriso que mais parecia uma canção,
 refletindo os acordes mais profundos da alma...
 Teus olhos, meu lampião,
 a luz que iluminava o meu caminho
 e que me deixava ver através da escuridão.
 Há nestas noites perdidas
 a lembrança cruel do teu corpo,
 que ficará para sempre dentro de mim,
 refletida em meu olhar solitário.
 Eu ainda frequento os mesmos lugares,
 ando pelas mesmas ruas,
 bebo a mesma bebida
 e às vezes escuto a nossa canção.
 Por anos eu te procurava,
 mas tão envolvido estava 
em meu pequeno sonho dourado 
 que não percebi
 que a minha busca havia terminado,
 e te deixei partir...
 nas asas de um anjo triste
 e levando contigo a minha felicidade.

 Hoje , ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário