segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Caminhar.


Hoje, 
 Saio a caminhar
 Volto com passos lentos e silenciosos
 à rua dos nossos dias...

 Nenhuma luz 
e nenhuma música encontro agora
 na velha casa abandonada.

 Apenas migalhas dos bons momentos
 resplandecem naquele sombrio silêncio.

 Eis o que restou da felicidade:
 o silêncio, a rua, as migalhas...
 e uma velha casa abandonada,
 povoada de saudade.
 Por onde anda você...

 Alvorada

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário