terça-feira, 14 de outubro de 2014

Sensações...


Um nó no peito 
 como se fora um aperto,
 Nesta doce loucura que me consome a alma.
Sensação de vazio em tua ausência,
 de plenitude na tua chegada,
 queimamos etapas. 
Não seguimos as regras! 
Fizemos do epílogo 
o nosso prólogo e valores...
 Nós invertemos!
 a angústia afastamos,
 com a alegria contagiante,
 do quando enfim nos encontramos, 
 limites ultrapassamos.
 Nem certo e nem errado. 
Nossos paradigmas? 
 Quebramos!

D/A

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz.
 Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário