sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Te amar..



É devagar que quero sentir;
 É desse modo que quero te amar.
 Sem pressa.
 Sem rodeios. 
Sem vontade de parar. 
 Quero dar-te todos os beijos;
 Que ando a desejar. 
Ir contigo a cada canto;
 Levando você a cada lugar. 
 Quero correr pelos campos.
 Nas noites claras de luar.
 Reaprendendo os horizontes;
 Escondidos em seu olhar.
 Ainda hoje eu encontrei coragem;
 A ousadia de confessar. 
Que quero reaver de ti; 
O antigo gosto de sonhar.
 Que quero sair a tarde; 
Pensando em te encontrar.
 Porque desejo colorir de azul;
 O amor que vou lhe dar. 
 Posso dizer desse desejo; 
De esquecermos tudo.
 De recomeçar. 
Podando as nossas arestas.
 Nós somos plenos ao compartilhar.

 Márcia Alves de Nazaré 

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário