quarta-feira, 9 de julho de 2014

Teus afetos..


O meu tempo é assim...
 Tão breve, meu amor 
Tem um começo e tem um fim...
 Vive na alegria, vive na dor!
 É amado por amar tanto
 E sabe as regras do viver... 
Mas em si não sabe o quanto 
Viverá por te querer...
 O meu tempo, amor, é assim 
Tão intenso de paixão... 
O encanto está em mim
 Por teus afetos... que ilusão...
 É por ti que a minha alma vive... 
Mas é sabido que não a tem!
 Portanto agora não contive,
 O tempo acaba...
 por ninguém...

 Dolandmay

 Hoje, ame intensamente e Seja muito feliz. 
Felicidades...

Nenhum comentário:

Postar um comentário